Este espaço tem por objetivo divulgar a produção haicaísta em língua portuguesa. Se você é autor, saiba como expor seu trabalho gratuitamente

Haicaístas do Rio em destaque


Primeira antologia do Águas de Março
Benedita Silva (org.)
Primeiro grêmio carioca mostra ao mundo sua produção.

Antologia de haicais (doze autores, 150 haicais). Apresentação de Edson Kenji Iura. Prefácio de Guin Ga Eden. Posfácio de Nelson Savioli. Texto das orelhas de Teruko Oda. Contém bio-bibliografias. Contém: textos sobre o histórico e a organização do grêmio, fotos e relatos de atividades. HP Comunicação Editora. Rio de Janeiro, 2012. 104 páginas, 14cm x 21cm. ISBN 978-85-7576-162-5. Contato:
benedita_azevedo@yahoo.com.br.

Do texto da orelha: “O haicai praticado pelos membros do Águas de Março, bem como pela maioria dos grêmios fundados no Brasil, tendo em sua origem o terceto desvinculado do poema coletivo que conhecemos como haicai encadeado, busca preservar boa parte dos ensinamentos preconizados pelos grandes mestres japoneses. Um desses ensinamentos diz respeito ao caráter coletivo do aprendizado. Nas reuniões dos grêmios, o haicai é visto como atividade orientada, um exercício de composição que se pode estudar e aprender. Considero de fundamental importância para os praticantes esse ‘fazer e ouvir’ coletivo, pois passamos a compreender o haicai como um caminho: o aprimoramento do espírito pela prática da arte. Arte que requer humildade e sabedoria, o aniquilamento do ego e a aceitação do ‘eu transitório’. Em resumo, “uma forma de estar-se no mundo”, palavras de mestre Paulo Franchetti, conforme colocado pelo prefaciador. A importância do trabalho da mestra Benedita Azevedo, frente aos dois grêmios que coordena, pode ser comprovada por meio dos muitos belos momentos apresentados nesta obra”.

Amostras:

A brisa suave
Que balança teus cabelos
Chega até meu rosto.
(Benedita Azevedo)

Flores de pitanga –
um casal de namorados
sob o guarda-chuva.
(Celso Pestana)

Um halo circunda
lâmpadas em velhos postes…
Ah… suave sereno.
(Guin Ga Eden)

Perfume fraquinho
se dissolve pelo ar –
Bolhas de sabão.
(Vanise Buarque)