Este espaço tem por objetivo divulgar a produção haicaísta em língua portuguesa. Se você é autor, saiba como expor seu trabalho gratuitamente

Caminho das Águas publica décima antologia


Haicai caiçara
Grêmio de Haicai “Caminho das Águas”
Grêmio santista fundado em 1995 mantém-se em plena atividade.

Antologia de haicais (264 haicais de 24 autores). Apresentação de Roberto da Graça Lopes. Prefácio de Paulo Franchetti. Contém relação de kigos (termos de estação) empregados. São Vicente, Editora Vice Rei, 2012. 96 páginas, 14cm x 21cm. ISBN 978-85-64446-04-5.

Do prefácio: “A prática orientada e coletiva é, assim, não apenas o caminho, mas também o objetivo do haicai – ao menos na sua versão tradicional, que o Grêmio Haicai Ipê e, depois, o Grêmio Caminho das Águas têm trabalhado por difundir no Brasil. Por isso, não se deve entrar pelas páginas deste livro apenas à procura de poemas bem realizados. Eles existem, é claro. Mas talvez sejam em número menor do que seria de esperar num livro de poesia. Por outro lado, por ser um registro de uma história, do trajeto de um grupo que se dedica à convivência e à partilha das experiências de contemplação, é um volume precioso”.

Amostras:

Tomar a fresca –
Papo animado acontece
No velho alpendre.
(Clara Sznifer)

Lembranças da infância –
No vestido da menina
Pousa joaninha.
(Marly Barduco Palma)

Pitanga azeda
Me lembra primeiro beijo –
Ambos no pomar.
(Roberto da Graça Lopes)

Velho cão se encolhe
E o dono divide a colcha –
Inverno na rua.
(Sonia Adarias Soares Bruno)