Este espaço tem por objetivo divulgar a produção haicaísta em língua portuguesa. Se você é autor, saiba como expor seu trabalho gratuitamente

Tankas de Rose Mendes

Capa - Travessia

Travessia
Rose Mendes

Coletânea de tankas (71 tankas). Introdução de Ziul Serip. Apresentação de Severino José. Ilustração da capa: Severino José. Ilustração interna: Elisa Campos. Contém nota bio-bibliográfica. Curitiba, Araucária Cultural, 2016, 92 páginas, 12cm x 18cm. ISBN 978-85-7899-422-8. Contato: www.inhousestore.com.br.

Da apresentação: “Se no haicai a expressão pessoal se dá de forma objetiva, pela observação dos ritmos da natureza e, por assim dizer, num processo que não recomenda excessiva ‘poetização’ da composição, o velho tanka é lugar da subjetividade e vazão da expressão de caráter sentimental e pessoal. Neste caso, porém, é notável a influência da prática do haicai, na sempre presente referência aos eventos da natureza, como fonte de inspiração e referência para o mundo do sentimento, reflexões e emoções ou, destas para a catarse através da citação de processos naturais. Também chama a atenção, nesta coletânea, além da beleza das composições, a variação da temática e, especialmente, a forma de expressão, em formulações que seduzem pela ternura e, muitas vezes, a informalidade que aproxima”.

Amostras:

 

olho para a lua
e o olhar enche-se de lágrimas —
partida da avó

o apito grave de um navio
inunda o mar de saudade

 

os farois na serra
ora tornam-se visíveis
ora invisíveis

se soubesse que partias
te abraçava lentamente

 

diante do espelho
vejo a pintura dos olhos
escorrer lentamente

o silêncio preenchido
sem disfarces de quem sou

 

palavras incertas
ouço o rumor da maré
sem querer respostas

pequena garça caminha
sobre a memória das pedras