Este espaço tem por objetivo divulgar a produção haicaísta em língua portuguesa. Se você é autor, saiba como expor seu trabalho gratuitamente

Regina Alonso publica haibun


Vento Noroeste
Regina Alonso
Diário poético de autora santista combina prosa e haicais.

Diário de haicai (“haibun”, 121 haicais). Apresentação de Teruko Oda. Orelhas contém bio-bibliografia. Ilustrações de Cristina Amorim. São Paulo, 2011. All Print, 56p, 14cm x 21cm. ISBN 978-85-7718-863-5.

Da apresentação: […] Há, ainda, os diários de viagem, conhecidos pela designação japonesa haibun. Nesta categoria, estudiosos do assunto afirmam ser Oku no hosomichi, de Matsuo Bashô, poeta japonês do século 17, o mais famoso. Popular entre os japoneses, mas ainda pouco praticado no Brasil, este Vento Noroeste, embora não tenha a pretensão de ser um haibun, e nem siga as orientações sugeridas para o gênero, pode ser lido como tal. Narrativa leve e bem humorada de acontecimentos vivenciados pela autora e guardados na memória por algumas décadas. Uma retrospectiva cuja dinâmica, baseada na combinação de prosa e poesia, nos conduz pelas ruas e casas de Santos, sua cidade natal, onde reside até hoje. Impregnado de vida e poesia, o passado, agora revisitado sob o olhar maduro da haicaísta Regina Alonso, vai se transformando em poemas do aqui e agora – fugaz momento de eternidade do tempo que foge implacável.

Antigo sobrado–
No vaso da bisavó
uma folha nova.
De volta ao passado–
Pelas calçadas de Santos
Vento noroeste.
Olhares de gula…
Na lancheira do menino
Goiaba madura.

Bordado em relevo
sobre a grama do quintal?
Tantas folhas secas…