Um haiku famoso

a leitura faz-se em linhas verticais, de cima para baixo e da esquerda para a direita

O velho tanque
Uma rã mergulha,
Barulho de água.

Tradução de Paulo Franchetti e Elza Doi


O "haiku" (em português, prefere-se escrever "haicai") acima foi escrito por Bashô (Japão, 1644-1694), em 1686. Provavelmente, é o haicai mais famoso de todos os tempos.

Em japonês, pronuncia-se aproximadamente da seguinte forma:

furú iquê iá
cauázu tobicômu
mizú no otô


     "O tanque é velho, em um velho jardim. As árvores são velhas de outras eras e seus troncos esverdeados pelo mesmo musgo que cobre as pedras. O grande silêncio remonta a eras anteriores ao homem e seus ruídos. Uma rã salta. O jardim inteiro, o universo inteiro contido em um simples chape -- som que está além do som e do silêncio, e ainda assim é o som da água do velho tanque".

R. H. Blyth, Haiku

Sobre a grafia em japonês: O haiku da rã foi transcrito de "Haiku jiten kanshô" (Tóquio, Ôfûsha, 1981), cotejado com Yamamoto Kenkichi, "Bashô sanbyakku" (Tóquio, Kawade, 1988). Eventualmente, outras fontes podem empregar grafia modernizada.


O que é Haicai
O Poema de Bashô e o Zen
Outras traduções


11 de agosto de 2002