Este espaço tem por objetivo divulgar a produção haicaísta em língua portuguesa. Se você é autor, saiba como expor seu trabalho gratuitamente

Em português: todos os haicais de Bashô

Capa - As cinco estacoes de Basho

As cinco estações — Os haicais de Bashô
José Lira

Haicais reunidos, traduzidos e anotados (1010 haicais nas versões em japonês e português). Tradução para o português e notas aos haicais de José Lira. Introdução do tradutor. Texto das orelhas do tradutor. Recife, Crossing Borders, 2017, 336 páginas, 17cm x 23cm. ISBN 978-85-8165-487-4. Contato: jlirabr@yahoo.com.br.

Do texto das orelhas: “Bashô foi um homem simples e puro que devotou sua vida à busca da beleza poética inerente à transitoriedade dos seres e à perpétua renovação da Natureza. Fez mais de mil haicais, muitos dos quais se situam entre as obras-primas do gênero. A frágil saúde o levou à morte aos cinquenta anos, cercado por seus devotados discípulos. Para estas traduções, apoiei-me, depois de minhas próprias versões literais dos textos em romaji, em Makoto Ueda e R. H. Blyth, entre outros autores. É claro que me cabe a culpa por eventuais erros. Usei por opção o “haicai curto”, de 4-6-4 sílabas, em vez do tradicional 5-7-5. Em favor da funcionalidade ou da clareza, deixei de traduzir mais fielmente, em alguns casos, o kigo, termo designativo de uma das quatro estações, sempre presente nos poemas originais”

Amostras:

O velho tanque:
O mergulho da rã
Barulho d´água

Tranquilidade:
O canto da cigarra
Perfura pedras

De vez em quando
Descanso para a vista:
Lua entre nuvens

Chuvas de inverno:
O macaco também
Quer uma capa